• Olga Durães

The mask you live in


E foi lendo uma reportagem na revista Vida Simples que eu me inspirei para escrever esse post. O título Homem Não Sabe Chorar é apenas uma brecha para abordar um assunto que me interessa bastante: a emoção masculina. Engole o choro, homem tem que ser forte, isso é coisa de mulherzinha, vira homem. Desde cedo os homens escutam frases que fortalecem esse comportamento nocivo e depois acabam reproduzindo isso na vida adulta em forma de violência contra as mulheres ou preconceito com os gays. Se você é homem não pode ter medo. Se você é homem não pode falar sobre suas dores. Se você é homem tudo bem ser mulherengo. Para me inspirar também assisti ao documentário "The Mask You Live In" (um documentário americano que fala como essa ideia do macho dominante atinge psicologicamente crianças, jovens e, no futuro, adultos nos Estados Unidos). O documentário (disponível no Netflix) conta com a participação de vários educadores que descrevem como, em atividades pedagógicas, os garotos costumam demonstrar que escondem sentimentos como raiva e tristeza por não considerarem que têm a quem se expor. Além disso, alguns adolescentes contam que pensaram em se matar por terem dificuldades de se encaixar e rapazes entrevistados de dentro da cadeia, falam sobre como a violência se tornou um alívio para seu estresse e uma forma de se afirmar como viril nos seus grupos de amigos. Por isso meu coração vibra um pouco mais quando aparece um aluno disposto a aprender a meditar comigo. Eu sei que não é fácil olhar para nossos próprios sentimentos, pensamentos, emoções, sendo homem então, ufa, é ainda mais desafiador. Quando eu considero a meditação um caminho pra melhorar a nossa sociedade é sobre isso que estou falando.

3 visualizações

© 2023 por Danielle Jones. Orgulhosamente criado com Wix.com